Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \22\UTC 2009


60442_440786772670223_16908471_n

A Polaridade Feminina no Universo Humano é manifestada através da harmonia, maternidade, afetividade, aconchego, inteligência prática e envolvimento presente em todos os relacionamentos.

A relação da mulher com a polaridade feminina é a mesma do útero com o ventre.

O Espírito Feminino do corpo está no ventre e sua energia criativa UNE céu e terra. É no ventre que as forças Cósmicas criadoras se encontram com as forças telúricas instintivas.

O ventre da mulher é especial. O útero é um Templo Sagrado dedicado à Humanidade e a incontáveis manifestações da matéria. Sua forma é feminina e delicada, mas sua força construtiva é tal que pode gerar um micro Universo e abastecê-lo em todas as esferas.

Os órgãos sexuais geram células sexuais. O útero da mulher tem a capacidade alquímica de gerar, regenerar e transformar essas células sexuais em centelhas Divinas pela sua sensualidade cheia de amorosidade e ternura.

Atenda à esse órgão em suas necessidades básicas. Ele vive se relacionando inteligentemente e intimamente com a Criação. Quando doente, afetará todos os outros órgãos do corpo da mulher, além do mais, a Humanidade depende dele e do seu estado de saúde para ter VIDA.

Nós Mulheres devemos proteger nossos órgãos femininos de tudo que possa contrariar sua Natureza – Ele é um elemento de Luz, uma Porta da Vida.

Se por algum momento ele for agredido, carregue-o partícula por partícula com AMOR e com TERNURA visualizando a cor ROSA, até a sua cura completa.

Mulher, você é a expressão geradora do feminino de Deus. É você que possui o aconchego da Criação!

CENTRO SACRAL

Localização: entre o umbigo e o osso púbis

Glândula: ovários

Cor: laranja e violeta

Funções: sexualidade, afetividade, capacidade de gerar, produzir e criar

Rege: ovários, útero, glândulas mamárias

Bloqueio: problemas sexuais, ginecológicos, problemas afetivos e ligados à figura da mãe, falta de criatividade, acne, tensão pré-menstrual e sensação de culpa.

Ao restabelecer o equilíbrio e a saúde desse centro, são revitalizadas a auto-estima e a feminilidade automaticamente.

Trecho extraído do livro “Canal Majestoso”, de Marinez Salgado.

banner blog

O Ventre Feminino

Anúncios

Read Full Post »